Contribua com o SOS Ação Mulher e Família: Banco Santander 033 / Agência 0632 / Conta Corrente 13000863 – 4 / CNPJ 54.153.846/0001-90

Pessoas físicas e jurídicas podem destinar IR para o SOS Ação Mulher e Família através do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente: http://fmdca.campinas.sp.gov.br/

quarta-feira, 4 de abril de 2012


Meninas se submetem a sessões de tapas para entrar em grupo da escola

MP pedirá investigação da Delegacia do Adolescente Infrator e DPCA.

Assembleia Legislativa do Maranhão quer ouvir envolvidas na denúncia.

Zeca SoaresDo G1 MA

Um vídeo mostra adolescentes se submetendo a sessões de tapas no rosto para tentar fazer parte de um grupo da escola, batizado de "família", em São Luís. O G1 teve acesso às imagens, que foram cedidas pela Comissão de Direitos Humanos e Minoria da Assembleia Legislativa do Maranhão, nesta terça (3).
No vídeo, uma adolescente uniformizada leva quatro tapas no rosto. Ela reage sorrindo. Em seguida, uma outra menina vestida em uma camiseta preta leva uma sequência de 13 tapas e, quanto mais apanha, mais sorri. Uma terceira estudante, vestida em uma camiseta lilás chega a se preparar para apanhar. Em seguida, recebe 6 tapas.
Em contato com o G1, o promotor Márcio Tadeu Marques, que também recebeu as imagens, disse que vai pedir a investigação da Delegacia do Adolescente Infrator e também da DPCA, já que há indícios de que adultos estariam no comando da ação.
A deputada estadual Eliziane Gama (PPS), que é membro da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Assembleia Legislativa, também já recebeu as imagens. "Ouviremos as meninas para identificar quem são esses adultos envolvidos nessa denúncia", afirmou.
O deputado Bira do Pindaré (PT), que preside a comissão, disse que na próxima semana já haverá uma reunião para tratar sobre o assunto. "Logo após o feriado da Semana Santa, mais precisamente na quinta-feira (12), reuniremos a Comissão para tratar sobre esta denúncia", adiantou o parlamentar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário