Contribua com o trabalho do SOS Ação Mulher e Família: Banco Santander (033) / Agência 0632 / Conta Corrente 13000863-4 / CNPJ 54.153.846/0001-90

segunda-feira, 21 de maio de 2018

Casamento infantil e abuso de direitos humanos

A prática não se justifica. Estamos falando de um desrespeito a um direito humano muito essencial. A saúde fica prejudicada com uma gravidez indesejada, elas abandonam os estudos e sofrem isolamento social.

Elizeu Chaves , assessor sênior do Unfpa

19 maio 2018

650 milhões de mulheres e jovens foram obrigadas a se casarem antes de completarem 18 anos. A prática do casamento infantil viola os direitos humanos e sobre o assunto, a ONU News entrevistou o assessor sênior do Fundo de População das Nações Unidas, Unfpa, Elizeu Chaves. 

Segundo o especialista, o Unfpa e outras agências da ONU trabalham para mudar esse quadro. Ele fala sobre as meninas que não tiveram a chance de escolher o vínculo matrimonial.  Elizeu Chaves explica que existem vários fatores por trás do casamento infantil, incluindo normas sociais, pobreza e falta de leis adequadas para barrar a prática.

Ele fala também das consequências para essas meninas, incluindo abandono dos estudos e gravidez precoce. 

O representante do Unfpa esteve nos estúdios da ONU News, em Nova Iorque, e foi entrevistado por Leda Letra. 

Confira também o vídeo (em espanhol) sobre o assunto: 


Nenhum comentário:

Postar um comentário